Tamanho do texto

Data limite para o saque do benefício do PIS/Pasep com ano-base 2014 é alterada pela segunda vez; quase 1 milhão de pessoas têm direito a receber

Agência Brasil

Saque do abono salarial agora pode ser feito até 31 de dezembro
iStock
Saque do abono salarial agora pode ser feito até 31 de dezembro

O prazo para saque do abono salarial (ano-base 2014) foi prorrogado pelo governo. A data limite, que estava marcada para 31 de agosto, foi estendida até o último dia do ano. Essa decisão aconteceu durante uma reunião do Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), que Ronaldo Nogueira, o ministro do Trabalho, presidiu.

LEIA:  Tabela do Imposto de Renda será corrigida em 5% em 2017

Não foi a primeira vez que o governo optou por estender o prazo para o saque do abono salarial . O primeiro tinha sido marcado para o dia 30 de junho. Posteriormente, foi decidido que haveria a prorrogação para o dia 31 de agosto. São quase 1 milhão de pessoas que têm direito a sacar o benefício do PIS/Pasep, com ano-base 2014. De acordo com o Ministério do Trabalho, o valor mínimo estabelecido é de R$ 880. 

“Fizemos intensa campanha na mídia e nas entidades laborais e patronais e, até esta data, foram pelo menos 200 mil trabalhadores que sacaram o abono, após o prazo final de 30 de junho", afirmou Nogueira. Com a ampliação do prazo, o ministro diz ter certeza de que "uma boa fatia" dos trabalhadores que ainda não sacaram o benefício será alcançada

Quem tem direito?

O benefício é direto de todos os empregados que receberam até dois salários mínimos médios de empregadores que fazem contribuição para o Programa de Integração Social (PIS) ou também para o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep); exerceram atividade remunerda por, no mínimo, 30 dias (considerando o ano-base 2014); estejam devidamente cadastrados há por ao menos cinco anos e que estejam na Relação Anual de Informação Social (Rais).

Como consultar?

Para quem não tem certeza se está apto a receber o benefício, é possível ligar para o Ministério do trabalho, no número 158. Além disso, também é possível conseguir se informar pelos telefones da Caixa (0800 726 0207) ou do Banco do Brasil (0800 729 0001).

LEIA MAIS:  Bradesco quebra sigilo de gerente suspeito de lavagem de dinheiro e é condenado

Se você preferir realizar sua consulta por meio da internet, basta acessar o site do Ministério do Trabalho, na parte do Abono Salarial . É possível ver quem ainda não sacou, em uma lista que é dividida por estado e municípi