Tamanho do texto

A maioria dos empreendedores depende de freelancers, mas não sabe como contratar os melhores; veja táticas para contratar profissionais brilhantes

Brasil Econômico

Empreendedores devem contratar freelancers que sejam apaixonados pelo trabalho para o qual serão contratados
Thinkstock/Getty Images
Empreendedores devem contratar freelancers que sejam apaixonados pelo trabalho para o qual serão contratados

A maioria dos empreendedores depende de freelancers. Freelancers preenchem as lacunas da força de trabalho e mantêm um negócio operante. Esse fenômeno chamado freelancing tornou-se uma oportunidade para profissionais conquistarem posições permanentes dentro de uma empresa. Entretanto, é algo que demanda bastante trabalho do ponto de vista do empreendedor. Um recrutador pode passar semanas buscando os melhores designers e redatores e ainda assim acabar desapontado com trabalhos mal feitos ou simplesmente abandonados.

+ Quer trabalhar em casa? Veja opções do que fazer fora do escritório

A boa notícia é que você, empreendedor, não precisa passar por isso. Empreendedores podem poupar tempo, dinheiro e frustração. Siga esses quatro passos para encontrar e manter em sua empresa os freelancers com as melhores performances do mercado.

1) Contrate especialistas

Pergunte ao candidato se ele é um especialista no trabalho para o qual está sendo contratado. Certifique-se de que ele tenha experiência para executar a tarefa que você tem em mente; não se deixe ser atraído por talentos genéricos. Contrate especialistas, não contrate amadores. Se você precisa de um trabalho em social media, certifique-se de que o candidato tem um apetite feroz por Facebook e Twitter, por exemplo. Se você precida se ajuda editorial, pergunte ao candidato se ele edita apenas por diversão e busque em seu blog sinais de que ele é um bom profissional.

2) Escolha pessoas apaixonadas

Pergunte ao candidato se ele é 100% apaixonado pelo trabalho para o qual será contratado. Se ele não for, aguarde o surgimento de um profissional que seja. Freelancers podem até ser contratados para fazer qualquer trabalho, mas terão a melhor performance quando executarem uma tarefa pela qual são apaixonados. Portanto, seja seletivo. Você será beneficiado com essas escolhas. Um bom candidato pode até não ter a experiência que você busca, mas se tiver paixão pelo trabalho e disposição para aprender, poderá superar as limitações técnicas com a sua orientação. Você certamente lucrará com a inspiração dele.

3) Pague mais

Pergunte ao candidato a quantia pela qual ele trabalharia em sua empresa com entusiasmo. A maioria dos empreendedores não se importa com algo que é essencal: a felicidade dos funcionários e dos freelancers. Se você não pode proporcionar satisfação, nem negociar algo que compense isso, esqueça. Felicidade e qualidade são a mesma coisa quando falamos em trabalho. Um funcionário infeliz não dá o melhor de si. Procure outra pessoa.

Entretanto, se você encontrar um profissional apaixonado, ouse aumentar em cinco ou dez porcento a sua oferta inicial. Sua generosidade deixará o freelancer contente e servirá para deixá-lo ainda mais inspirado.

+ Freelancer: tudo o que você precisa saber para contratar o profissional ideal

4) Negocie quando pagamento acima do combinado não for uma opção

Se pagar mais não for uma opção, pergunte ao candidato o que mais poderia ser feito para fazê-lo feliz. Você já sabe que um freelancer que tem um bom salário, trabalha melhor, mas isso não significa que você não pode deixá-lo feliz se der algumas regalias. Negocie. Muitas empresas acumulam pontos quando compram passagens aéras em grandes quantidades e com regularidade. Para quem gosta de viajar ou precisa viajar bastante, pontos são tão bons quanto dinheiro. O mesmo vale para hoteis. Você pode deixar um freelancer super feliz ao propor uma combinação de pontos de hoteis e viagens aéreas que ele poderá usar nas férias. Ele fica satisfeito e você economiza recursos.

Se você quer conquistar freelancers talentosos e mantê-los satisfeitos, seja criativo ao propor compensações. Considere oferecer brindes e descontos nos seus próprios produtos e serviços. Se eles ficarem satisfeitos, poderão se tornar fãs do produto ou serviço e recomendá-los para amigos e conhecidos. Todo mundo sai ganhando.