Brasil Econômico

undefined
iStock
Especialista dá dicas de como negociar o salário durante a entrevista de emprego ou o processo de contratação

Muita gente fica constrangida ao falar sobre salário com o recrutador durante a entrevista de emprego . Parece que nunca há um momento 'certo' para abordar a questão "Ninguém quer esperar demais para tocar no assunto, mas também ninguém quer falar sobre isso muito cedo e acabar irritando o recrutador", diz Lynn Taylor, escritor e coach especializado em liderança.

LEIA MAIS: Entrevista de emprego no meio do expediente? Saiba o que dizer e o que evitar

Então como descobrir qual é a hora mais adequada para fazer a pergunta tão temida? Na verdade, não há regras, mas o especialista dá alguns conselhos para você saber lidar com essa questão durante a entrevista de emprego .

Descubra se o recrutador está realmente interessado em você

Antes de trazer à tona a questão do salário, tente ter uma noção melhor do quão interessado em você está o entrevistador. "Preste atenção no tamanho e na qualidade do primeiro telefonema que o recrutador fizer ou no primeiro e-mail que ele enviar", aconselha Taylor. Pergunte a si próprio: Quanto tempo durou o primeiro telefonema? O recrutador parecia bem humorado? O e-mail revelou entusiasmo? Esses são indicadores iniciais de quão agressivo você pode ser", completa o especialista. Se você sentir que não houve química, espere um pouco mais para falar sobre a proposta de salário.

Considere seu nível de experiência

Se você é relativamente novo no mercado de trabalho, este é mais um fator a ser considerado. Nesse ponto da carreira, é mais comum evitarmos discussões sobre salários antes da entrevista de emprego. O mesmo não acontece com um gerente que tem 10 anos de experiência, por exemplo.

Conheça os riscos de tocar no assunto muito cedo

Não é segredo que dinheiro é importante para todo mundo, mas você não quer que o recrutador pense que esse é fator determinante, o mais importante. Quando falamos sobre salário antes da hora, acabamos transmitindo a mensagem errada, então se você realmente gosta da oportunidade e aceitaria a proposta independentemente do pagamento, pode não valer a pena tratar do assunto antes dos acertos finais.

Ouça sua intuição

Geralmente, os candidatos a uma vaga de emprego esperam a empresa tomar a iniciativa para falar sobre o assunto. "Se esperar que a a empresa aborde a questão deixar você louco, então ouça sua intuição e pergunte", diz o especialista. "É desanimador quando você está super animado em conseguir uma emprego e descobre apenas na última hora que o salário corresponde ao pagamento que você recebia há cinco anos".

Espere pela inversão dos papeis

Pode chegar um momento durante o processo em que os papeis vão se inverter. Você não estará mais tentando vender suas habilidades e qualificações, eles é que estarão tentando vender a proposta para você. Quando isso acontecer, aproveite a chance.

Fale indiretamente sobre o assunto

Quando você sentir que é o momento certo - e lembre-se não há um 'momento mágico', ele varia de acordo com cada situação - você pode falar indiretamente sobre o assunto. Você pode perguntar ao entrevistador: "Seria você a pessoa certa para discutir o salário? (Pausa). Se for, este é um momento conveniente para conversamos a respeito?"

Ao agir dessa forma, você pode deixar a situação menos estranha ou constrangedora do que ir direto ao ponto e perguntar "Quanto vocês pagam?"

Espere uma resposta vaga

Mesmo que você sinta que a pergunta foi bem recebida durante a conversa, você pode não receber uma resposta definitiva e direta. O entrevistador pode dizer apenas: "O salário é muito competitivo". Então, seja paciente - talvez o recrutador precise de mais tempo para conhecê-lo melhor antes de dar a informação precisa.

LEIA MAIS: Não é fluente em inglês? Evite gafes na entrevista de emprego e no trabalho

Esteja preparado para que a pergunta volte para você

Se você perguntar pelo salário, esteja preparado para responder a perguntas como "Quanto você espera receber", ou "Quanto você está ganhando". Saiba que responder a perguntas como essas com hesitações pode deixar a situação ainda mais desconfortável tanto para você quanto para o entrevistador. Se perguntarem quanto você ganha no atual emprego, dê uma estimativa. Não fique acuado. Se a entrevista se tornar um jogo de ping pong, diga educadamente que você está mais interessado na oportunidade do que no salário em si.

Tenha um valor mínimo em mente

Saiba com antecedência o menor salário que você estaria disposto a aceitar. A situação ficará menos constrangedora se você souber exatamente o que quer e insistir nessa ideia. 

Esteja preparado para negociar

Você não apenas deve ter um valor mínimo em mente, mas também deve ter um plano para saber o que fazer quando chegar lá. Ofereça uma expectativa e evite dizer "Eu acho" ou "Sinto Muito" ao negociar o salário. Quando você está bem preparado, aumentam suas chances de conseguir o salário que você merece e estava planejando.

Não fica obcecado por dinheiro

Dinheiro é importante, mas não fique obcecado por isso. Novamente, se você tocar no assunto muito cedo, ou muitas vezes, pode ser mal interpretado. Foque mais nos motivos pelos quais você está interessado na oportunidade e menos em como o salário vai influenciar sua decisão de topar ou não o emprego.

Fique atento ao sinal vermelho

Algumas empresas simplesmente evitam tocar no assunto, o que faz os candidatos questionarem se podem realmente confiar que a companhia vai entregar o que foi proposto. Se o recrutador for vago demais, ou não revelar o salário em nenhum momento da entrevista de emprego ou do processo seletivo, siga seu instinto e continue a buscar emprego em outros lugares.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários