Brasil Econômico

Brasil Econômico

undefined
Pixabay/Creative Commons
Em junho, o preço médio do m² dos imóveis anunciados das 20 cidades foi de R$ 7.635

O Índice FipeZap, que acompanha o preço de venda dos imóveis em 20 cidades no Brasil, revelou nesta terça-feira (05) que a variação do preço médio do metro quadrado no País ficou estável no primeiro semestre deste ano, apresentando variação negativa em oito cidades e aumento nas outras 12. Segundo o levantamento, cinco das cidades pesquisadas tiveram aumento dos preços em junho que superaram a expectativa para a inflação (IPCA/IBGE) para o mesmo período: Belo Horizonte, Salvador, Fortaleza, Vitória e Contagem.

Ao observar os preços dos imóveis nos últimos doze meses, o Índice FipeZap se manteve praticamente estável com variação de -0,02%: o menor resultado da série histórica, considerando essa base de comparação. Com a inflação para este período calculada em 8,88%, o preço médio do metro quadrado no Brasil apresentou queda real de -8,17%.

Segundo revelado pelo levantamento, todas as cidades pesquisadas registraram variação inferior à inflação nos últimos 12 meses – sendo que as cidades de Rio de Janeiro, Recife, Niterói e Distrito Federal, tiveram queda nominal.

LEIA MAIS: Inflação pelo IPC-S recua 0,26% na última semana de junho, diz FGV

undefined
Divulgação/FipeZap
Números de junho de 2016

Em junho, o preço médio do m² dos imóveis anunciados das 20 cidades foi de R$ 7.635. Rio de Janeiro se manteve com o preço mais caro do País (R$ 10.251 por m²), seguida por São Paulo (R$ 8.630 por m²). Por outro lado, as cidades com menor valor médio por m² entre as pesquisadas pelo Índice FipeZap foram Contagem (R$ 3.605) e Goiânia (R$ 4.211).   

undefined
Divulgação
Metro quadrado anunciado das 20 cidades foi de R$ 7.635.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários