Agência Brasil

undefined
Marcelo Camargo/ABr
Em relação ao mesmo mês de 2015, a queda chegou a 2,13%

As vendas nos supermercados registraram queda de 2,16% em maio na comparação com abril, de acordo com índice da Associação Brasileira de Supermercados (Abras). Em relação ao mesmo mês de 2015, houve queda de 2,13%. Os valores foram deflacionados pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

LEIA MAIS:  Desemprego permanece em 11,2% e atinge 11,4 milhões, aponta IBGE

No acumulado de janeiro a maio, as vendas nos supermercados registraram queda de 0,23% em comparação ao mesmo período do ano anterior. Em valores nominais, as vendas do setor caíram 1,39% em maio em relação ao mês anterior e, quando comparadas a maio de 2015, houve alta de 7%. No acumulado do ano, as vendas cresceram 9,57%.

A Abrasmercado,  cesta básica com os principais produtos comprados pelo brasileiro, registrou alta de 0,07% em maio, passando de R$ 465,28, em abril, para R$ 465,62. Entre as maiores altas estão batata, feijão, cebola e farinha de mandioca. Já as maiores quedas foram tomate, frango, pernil e óleo de soja.

LEIA MAIS: Aluguel sobe 12,21% no acumulado dos últimos 12 meses

Por regiões, a maior alta de preços foi observada no Norte (1,62%), com a cesta regional chegando a R$ 512,94. O Nordeste teve a maior queda (2,10%), atingindo o valor de R$ 404,05.

Para Sussumu Honda, presidente do Conselho Consultivo da Abras, a queda nas vendas em supermercados já era esperada. Segundo ele, a expectativa do consumidor começa a melhorar, mas a atividade econômica ainda encontra dificuldades.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários