Tamanho do texto

Empresa arrecadou US$ 50,6 bilhões no primeiro trimestre

Aproximadamente dois terços da arrecadação da Apple  dizem respeito à venda de iPhones
Pexels
Aproximadamente dois terços da arrecadação da Apple dizem respeito à venda de iPhones

Tida como a empresa mais valiosa do mundo, a Apple divulgou nesta terça-feira (26) a primeira queda em seu faturamento desde 2003. No primeiro trimestre de 2016, a multinacional arrecadou US$ 50,6 bilhões, uma redução de 13% em relação ao mesmo período de 2015.

Além disso, o resultado está abaixo das expectativas dos analistas, que esperavam um faturamento de US$ 52 bilhões. Parte disso se deve à retração nas vendas de iPhones, que caíram de 61 milhões para 51,2 milhões de unidades em apenas um ano.

A Apple luta contra a percepção de que seus mais recentes modelos de smartphone não são muito diferentes dos anteriores e contra a desaceleração no mercado de celulares ao redor do mundo. Cerca de dois terços da arrecadação da companhia dizem respeito à venda de iPhones.

Após muitos anos de vendas fortes, muitos investidores temem que o iPhone tenha atingido seu ponto de saturação, o que significaria o fim de uma era de crescimento exponencial para a Apple.

Isso coloca ainda mais pressão para que a multinacional realize um grande lançamento nos próximos meses. Outro dado que ficou abaixo das previsões no primeiro trimestre de 2016 foi o lucro líquido de US$ 10,5 bilhões, ou US$ 1,9 por ação. O mercado esperava US$ 2 por papel.

* Com informações de Reuters e Ansa.