Tamanho do texto

O ranking, criado em 2013, é liderado pela Qantas, companhia australiana que já levou o título em outras duas ocasiões

Foi divulgado nesta terça-feira (5) o ranking das companhias aéreas mais seguras do mundo. A AirlineRatings.com nomeu as 20 empresas líderes em garantir a segurança do passageiro. No topo da lista está a australiana Qantas, pelo terceiro ano ela se destaca entre as outras 407 companhias. 

A Qantas, fundada em 1920, não tem nenhuma fatalidade em toda sua história
Divulgação
A Qantas, fundada em 1920, não tem nenhuma fatalidade em toda sua história

Completando o top 20, em ordem alfabetica, estão: American Airlines, Alaska Airlines, All Nippon Airways, Air New Zealand; Cathay Pacific Airways, Emirates, Etihad Airways, EVA Air, Finnair, Hawaiian Airlines, Japan Airlines, KLM, Lufthansa, Scandinavian Airline System, Singapore Airlines, Swiss, United Airlines, Virgin Atlantic e Virgin Australia.A AirlineRatings.com considera a empresa australiana como "extraordinária" por não ter nenhuma fatalidade na sua história desde o advento das viagens de avião. O ranking é publicado anualmente, desde 2013.

Segundo o editor do site, Geoffrey Thomas, o top 20 das companhias mais seguras representa as empresas mais preocupadas com inovação, excelência operacional e com o lançamento de aviões mais modernos. "Elas são sinônimo de excelência, mas sem dúvidas a Qantas se destaca em procedimentos de segurança e melhores práticas.

O site também nomeou o top 10 das companhias low-cost de 2016. São elas, em ordem alfabetica: Aer Lingus, Flybe, HK Express, Jetblue, Jetstar Australia, Thomas Cook, TUI Fly, Virgin America, Volaris e Westjet.

O sistema leva em consideração as diretrizes dos governos locais e das entidades de aviação, além das fatalidades ocorridas, o histórico operacional e as práticas de segurança.

De acordo com o site, as companhias brasileiras Gol e Tam tem nota 6 de 7 no critério segurança e a Azul tem nota máxima.

Galeria: As aéreas mais seguras


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.