Tamanho do texto

De acordo com o Ministério de Minas e Energia, verba vai auxiliar no esforço do País para equilibrar as contas públicas

O Ministério de Minas e Energia informou que foram arrematadas todas as 29 usinas hidrelétricas cujas concessões foram ofertadas nesta quarta-feira (25), em leilão realizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). De acordo com o ministério, o pagamento do bônus de outorga, previsto em R$ 17 bilhões a serem destinados ao Tesouro Nacional, foi "totalmente alcançado".

Visão aérea da barragem de reservatório do Aproveitamento Hidrelétrico (AHE) de Simplício
Divulgação/ Furnas
Visão aérea da barragem de reservatório do Aproveitamento Hidrelétrico (AHE) de Simplício

O ministério destacou que o pagamento de R$ 17 bilhões pelas empresas vencedoras auxiliará no esforço do país para equilibrar as contas públicas. “Os resultados mostraram que o setor elétrico é seguro para receber investimentos e que o país mantém sua tradição de cumprimento a contratos.”

O leilão das 29 usinas, com capacidade total de geração de 6 mil megawatt, não altera contratos que essas usinas têm com distribuidores de eletricidade. À medida em que esses contratos forem vencendo, serão renovados de acordo com os preços fixados no leilão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.