Tamanho do texto

Os modelos Cobalt (2015) e Prisma (2015 e 2016) precisam da substituição do cinto de segurança lateral esquerdo do banco traseiro e do seu mecanismo; O travamento é insuficiente

A General Motors do Brasil convocou, nesta segunda-feira (9), os proprietários dos veículos modelos Cobalt (2015) e Prisma (2015 a 2016), a agendarem junto a rede de concessionárias da marca, a partir de 11 de novembro, a substituição do cinto de segurança lateral esquerdo do banco traseiro e do seu mecanismo.

Os modelos Cobalt e Prisma (foto) tem problemas no sistema do cinto de segurança
Divulgação
Os modelos Cobalt e Prisma (foto) tem problemas no sistema do cinto de segurança

No comunicado, a empresa informa ter constatado que o travamento do mecanismo  é insuficiente. Este defeito reduz a eficiência do sistema de retenção, o que pode, em caso de colisão frontal severa, resultar em lesões físicas graves aos ocupantes do veículo.

O Procon-SP, órgão vinculado à Secretaria da Justiça e da defesa da Cidadania do Governo do Estado de São Paulo, orienta os consumidores sobre seus direitos. A empresa deverá apresentar os esclarecimentos que se fizerem necessários, conforme determina o Código de Defesa do Consumidor, inclusive com informações claras e precisas sobre os riscos para o consumidor.

Precisam da troca os veículos Cobalt fabricados de 2/07/2014 até 23/10/2015, com chassi de FB116835 a FB242265. Para o Prisma são os fabricados entre 10/08/2014 e 30/10/2015, de chassis FG163302 a GG162548. 

Para agendamento e mais informações, a GM disponibiliza o telefone 0800 702 4200, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, e o site www.chevrolet.com.br

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.