Tamanho do texto

Produção recuou 1,3% em setembro deste ano, na comparação com o mês anterior e 10,9% em relação a setembro de 2014

Agência Brasil

Na comparação com setembro de 2014, a queda é 10,9%, a maior redução desde abril de 2009
Gerj/Fotos Públicas
Na comparação com setembro de 2014, a queda é 10,9%, a maior redução desde abril de 2009

A produção industrial brasileira recuou 1,3% em setembro deste ano, na comparação com o mês anterior. Segundo a Pesquisa Industrial Mensal divulgada nesta quarta-feira (4) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), é a quarta queda consecutiva do indicador nesse tipo de comparação.

Na comparação com setembro do ano passado, a queda é 10,9%, a maior redução desde abril de 2009 (-14,1%) e a 19ª consecutiva neste tipo de comparação. A produção acumula perdas de 7,4% no ano e de 6,5% no acumulado de 12 meses.

A queda de 1,3% em setembro, em comparação a agosto, foi provocada por recuos de 5,3% na produção de bens de consumo duráveis e de 1,3% nos bens intermediários (insumos industriais usados no setor produtivo).

Os bens de capital (máquinas e equipamentos usados no setor produtivo) tiveram alta de 1% e os bens de consumo semiduráveis e nãoduráveis tiveram aumento de 0,5% na produção.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.