Tamanho do texto

As maiores variações nos preços foram identificadas nos grupos de habitação, transportes e o de alimentação e bebidas

Dragão da inflação: acumulado do ano (janeiro a outubro), atingiu o maior resultado desde 2003
Futura Press
Dragão da inflação: acumulado do ano (janeiro a outubro), atingiu o maior resultado desde 2003

A prévia da inflação oficial para o mês de outubro apresentou variação de 0,66% em outubro deste ano, um aumento de 0,27 ponto percentual em relação a setembro (0,39%). O resultado foi medido pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15), divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). É o maior valor para o mês desde 2002.

O acumulado do ano (janeiro a outubro), também registrou alta de 8,49%, sendo o maior resultado desde 2003, quando o índice atingiu 9,17%. No ano de 2014, o acumulado do mesmo período ficou em 5,23%. No acumulado dos últimos 12 meses, a taxa registrou 9,77%, sendo o maior resultado desde dezembro de 2003 (9,86%).

Dentre as categorias pesquisadas, a maior variação percebida foi na de habitação (1,15%), seguida pelo grupo de transportes (0,80%) e pelo de alimentação e bebidas (0,62%). Os três foram responsáveis por 72,73% do resultado do IPCA-15.

Em termos de região, a maior variação dos preços foi identificada em Brasília, na qual o índice atingiu 1,28%. O valor foi influenciado pela alta de 26,67% no ônibus urbano, cujas tarifas foram reajustadas em 33,34%. A segunda maior variação foi registrada no estado de São Paulo, com 0,85%, um aumento de mais de 0,40% em relação à variação de setembro (0,44%).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.