Tamanho do texto

Dados demonstram que os maiores graus de satisfação foram encontrados nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste

A pesquisa também constatou que profissionais com salários maiores se mostram mais felizes.
Forbes
A pesquisa também constatou que profissionais com salários maiores se mostram mais felizes.

Trinta e nove porcento dos profissionais brasileiros se dizem felizes em seu trabalho. Esse é o resultado obtido por uma pesquisa realizada pela ETALENT e pela Catho, que mostra que o grau de satisfação dos trabalhadores atingiu 61,3 pontos, em uma escala de 0 a 100. O levantamento também observou o índice de satisfação em relação à empresa de cada funcionário e constatou uma pontuação de 64,8 pontos.

Os dados demonstram que os maiores graus de satisfação foram encontrados nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, com um total de 64,4 pontos. A região Sudeste marcou a menor pontuação, 60,4 pontos, abaixo da média nacional. Na região Sul, a pontuação foi de 62,3.

A pesquisa também constatou que profissionais com salários maiores se mostram mais felizes. A média de satisfação de profissionais que recebem abaixo de R$ 2 mil é de 58,5 pontos. Já o grau de quem recebe acima desse valor atingiu 62,4 pontos.

“Aspectos como as oportunidades de desenvolvimento, o ambiente, a rotina de trabalho, relacionamento com colegas e gestores, além da remuneração são os principais componentes da satisfação do profissional”, afirma Murilo Cavellucci, Diretor de Gente e Gestão da Catho.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.