Tamanho do texto

Pesquisa do Procon São Paulo mostra que dos 31 produtos levantados, 23 apresentaram alta e um se manteve estável

Foi constatada uma variação de 1,98% no grupo de alimentação; frango registrou a maior alta
Agencia Brasil/reprodução
Foi constatada uma variação de 1,98% no grupo de alimentação; frango registrou a maior alta

O valor da cesta básica paulistana teve alta de 1,94% este mês. O preço médio passou de R$437,70 em agosto para R$ 446,21 em setembro. O maior aumento registrado foi o quilo do frango resfriado inteiro (12,79%). Os dados são de um levantamento realizado pelo Procon-SP em convênio com Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

Foram pesquisados 31 produtos, dos quais 23 apresentaram alta e um se manteve estável. Outros produtos cujos preços subiram foram, por exemplo, o café em pó (9,75%), a batata (7,61%) e a farinha de mandioca (7,31%).

Foi constatada uma variação de 1,98% no grupo de alimentação, uma variação de 1,94% em limpeza e de 2,60% em higiene pessoal. A variação no preço da cesta no ano de 2015 foi de 5,53%. O maior valor da cesta básica desde que o Plano Real foi implementado foi de R$ 456,30 

No entanto, alguns produtos registraram queda, a maior sendo a da cebola (- 35,21%). Outras quedas foram de produtos como ovos brancos (- 3,61%) e carne de segunda sem osso (- 2,21%).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.