Tamanho do texto

Produto da marca Kanechom apresentou irregularidades nas análises de mesófilos e Anvisa suspendeu venda e uso

A Anvisa determinou a suspensão da distribuição, venda e uso, além do recolhimento do lote 101013009 do Shampoo anti-frizz de 350ml, da marca Kanechom. O cosmético é produzido pela indústria mineira SNC.

A análise emitida pela Fundação Ezequiel Dias, indicou que o produto não atingiu resultados satisfatórios na contagem total de mesófilos. Isso pode significar um aumento na quantidade de micro-organismos para o lote suspenso.

A determinação foi publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira (9), na Resolução 2.833/2015.

Nenhum representante da empresa foi encontrado para comentar a resolução da Agência.



    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.