Tamanho do texto

A pressa na reta final para a compra dos presentes não pode deixar passar medidas básicas de segurança; veja lista

A proximidade do Dia das Crianças traz junto a corrida dos pais e parentes aos shoppings centers para a compra dos brinquedos. Apesar disso, a pressa não pode deixar passar batida a cautela na hora de escolher o presente dos pequenos.

Selo do Inmetro é item primordial a ser observado pelos pais na hora da compra dos presentes
Massacuca
Selo do Inmetro é item primordial a ser observado pelos pais na hora da compra dos presentes

Brinquedos são produtos de certificação compulsória, que obrigatoriamente devem apresentar o símbolo de identificação da certificação (o selo do Inmetro) para serem comercializados.

De acordo com o Procon, este é o principal fator que garante ao cidadão a certeza da qualidade dos produtos. É ele que garante que todas as peças passaram por uma série de testes em laboratórios para assegurar a conformidade no processo de fabricação.

Além da principal precaução, o Procon-SP separou outros seis sinais que devem ser observados para que se possa presentear com tranquilidade:

1 - Descrição exata dos itens inseridos na embalagem, incluindo pilha ou bateria;

2 -  A identificação do fabricante (nome, CNPJ, endereço);

3 - O importador (caso o brinquedo seja importado);

4 - Eventuais riscos que possam apresentar à criança;

5 - A faixa etária ou idade a que se destina deve estar colocada na face frontal da embalagem;

6 - As instruções de uso e de montagem.

Presentes defeituosos

De acordo com a cartilha divulgada pelo Procon-SP , o brinquedo que apresentar qualquer problema de fabricação, deverá ser reparado pelo fornecedor em perfeitas condições no prazo de até 30 dias.

Se após esse prazo o problema não for solucionado, o consumidor poderá escolher entre a troca do produto, o abatimento no preço ou o dinheiro de volta (corrigido monetariamente).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.