Tamanho do texto

Investimento no projeto não foi informado e, inicialmente, o serviço será pré-pago. Empresa diz que terá atuação nacional

A igreja Assembleia de Deus, que tem cerca de 18 milhões de fiéis no Brasil, lançou nesta quinta-feira em São Paulo uma operadora de celular virtual que utilizará capacidade de rede da Vivo. O investimento no projeto não foi informado e, inicialmente, o serviço será apenas pré-pago. 

 A empresa afirma que terá atuação nacional
Reprodução
A empresa afirma que terá atuação nacional "voltada ao público cristão"

A mais nova operadora virtual do País vai se chamar Mais AD e tem parceria com a Movttel, empresa que tem entre os investidores o executivo especializado em reestruturações empresariais Ricardo Knoepfelmacher, ex-presidente da Brasil Telecom, operadora incorporada à Oi. O diretor-geral da operadora é Raul Aguirre, que já chefiou a Virgin Mobile Latin America.

A companhia oferece, entre outros serviços, pacotes de dados e SMS, aplicativos exclusivos com "conteúdos aprovados por líderes evangélicos", além de pedidos de orações e endereços de igrejas. Os chips são vendidos por R$ 9,90. A empresa afirma que terá atuação nacional "voltada ao público cristão". 

A operadora será a terceira MVNO (sigla em inglês para Operadora Virtual de Rede Móvel) do país, depois do lançamento da Datora Mobile, que atua sob a marca do grupo europeu Vodafone, e da Porto Seguro Telecomunicações, do grupo segurador de mesmo nome.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.