Tamanho do texto

Caixa afirma que alta se deve ao aumento do Selic; juros do Minha Casa, Minha Vida são os únicos que não aumentarão

Caixa aumenta juros pela terceira vez no ano
iG São Paulo
Caixa aumenta juros pela terceira vez no ano

Clintes da Caixa Econômica Federal que pegarem financiamento da casa própria vão pagar juros mais altos a partir desta quinta-feira (1°). É a terceira vez no ano que a Caixa aumenta os juros desta linha de empréstimos. A empresa afirma que alta se deve ao aumento da taxa Selic – juros básicos da economia.

Os únicos juros que não sofrerão aumento são os ligados ao programa Minha Casa, Minha Vida, que é destinado a famílias de baixa renda. A particiapação da Caixa no mercado de crédito imobiliário é de mais de 60% atualmente. Assim, com o movimento do banco estatal, a expectativa é de que outras instituições elevem suas taxas também. 

As novas taxas variam de acordo com grau de relacionamento do cliente com a Caixa. Correntistas e servidores públicos que financiam imóveis pelo Sistema Financeiro Habitacional, terão um aumento de 8,9% a 9,3% ao ano para 9,3% a 9,8% ao ano. Não correntistas terão um aumento de 9,45% para 9,9% ao ano.

O preço também aumenta para financiamentos do Sistema Financiamento Imobiliário, que engloba imóveis acima de R$ 650 mil ou de R$ 750 mil, dependendo da localidade. A taxa para correntistas e servidores públicos passa de 10,2% a 10,7% ao ano para 10,5% a 11,2% ao ano. Mutuários sem conta na caixa na Caixa, a taxa aumenta de 11% para 11,5% ao ano.

Imóveis comerciais terão aumento de 12% para 14% ao ano nos juros. Para quem não é correntista da Caixa e utiliza o SFH para financiamento, o valor sobre de 9,45% para 9,9% ao ano.

Veja 10 formas de valorizar seu imóvel e ganhar mais na hora da venda:


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.