Tamanho do texto

Exportações no mês superaram importações em US$ 2,944 bilhões; queda na importação foi fator determinante

A balança comercial brasileira encerrou setembro com superávit – exportações maiores do que importações –  de US$ 2,944 bilhões. O resultado é o melhor para o mês desde setembro de 2011. 

Média negociada nas importações teve queda de 32,7% na comparação com setembro de 2014
Divulgação
Média negociada nas importações teve queda de 32,7% na comparação com setembro de 2014

O dólar em alta e a queda nas importações têm contribuído para o desempenho positivo da balança comercial em 2015. No acumulado do ano, a balança comercial está positiva em US$ 10,246 bilhões, melhor resultado para o período desde 2012.

Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (1°) pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. O saldo positivo de setembro refere-se a US$ 16,148 bilhões em exportações e US$ 13,204 bilhões em importações.

A média diária (volume financeiro por dia útil) das exportações ficou em US$ 769 milhões, com queda de 13,8% ante setembro de 2014, e crescimento de 4,3% ante agosto desse ano. Nas importações, a média negociada foi US$ 628,8 milhões, com queda de 32,7% em relação à registrada para setembro de 2014 e alta de 3,2% em relação a agosto de 2015. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.