Tamanho do texto

Economia deve crescer 0,2% e País terá déficit de 0,5% do PIB

Barbosa: meta anterior não será cumprida
Tales Faria/iG - 31.8.15
Barbosa: meta anterior não será cumprida

O salário mínimo de 2016 será de R$ 865,50, alta de 9,8% ante os R$ 788 atuais, anunciou nesta segunda-feira (31) o ministro do Planejamento, Nelson Barbosa. A previsão consta do projeto de orçamento para o ano que vem feito pelo governo Dilma Rousseff (PT).

A proposta leva em consideração um crescimento de 0,2% na economia, um número mais otimista que a queda de 0,4% estimada por analistas de mercado ouvidos pelo Banco Central.

A estimativa de inflação é semelhante: o governo prevê alta de 5,4% nos preços no ano que vem, ante os 5,51% do mercado. Para 2015, a previsão dos analistas é de 9,28%.

Barbosa também anunciou que o governo prevê um déficit de R$ 30,5 bilhões em 2016, ou 0,5% do Produto Interno Bruto (PIB). A previsão anterior era de um superávit de R$ 34 bilhões.

"Mesmo após um esforço de contenção de crescimento de gastos tanto obrigatórios quanto discricionários, não será possível cumprir nossa meta anterior de resultado primário, que era de R$ 34 bilhões", disse. Assista ao vídeo.

* Com iG São Paulo

Aguarde mais informações

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.