Tamanho do texto

Medida passa a valer a partir do próximo dia 20; operadoras que negaram indevidamente cobertura podem receber multas

Por determinação da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), a partir da próxima quinta-feira (20/08) 73 planos de saúde de 15 operadoras estarão com a comercialização suspensa. Além de interromper a venda, as operadoras que negaram indevidamente cobertura podem receber multa que varia de R$ 80 mil a R$ 100 mil.

Mais de 3 milhões de beneficiários serão diretamente protegidos, uma vez que as operadoras terão que resolver os problemas assistenciais para que possam receber novos consumidores.

Idoso e paciente com doença preexistente não podem ter atendimento recusado em hospitais
LEO FONTES / O TEMPO
Idoso e paciente com doença preexistente não podem ter atendimento recusado em hospitais

Confira as listas completas:

Operadoras e planos suspensos

Planos que voltaram da suspensão

Das 15 operadoras enquadradas na suspensão, 11 são reincidentes. Das quatro que não estavam na última lista, duas terão a comercialização de planos suspensa pela primeira vez.

A medida é resultado de programa que avalia as reclamações de consumidores relativas ao não cumprimento dos prazos máximos de atendimento e demais queixas de natureza assistencial, como negativas indevidas de cobertura.

“Este acompanhamento junto às operadoras de planos de saúde é permanente e contínuo, e a divulgação dos dados apurados é feita pela ANS a cada três meses”, explica o diretor-presidente da ANS, José Carlos de Souza Abrahão.

A ANS recebeu 21.273 reclamações de beneficiários pelos seus canais de relacionamento. Desde o início do Programa de Monitoramento, 1.140 planos de 155 operadoras já tiveram as vendas suspensas e outros 976 planos voltaram ao mercado após comprovar melhorias no atendimento.

Planos saem da suspensão

Apesar da suspensão, outros 52 planos de saúde que estavam com a comercialização interrompida voltaram ser liberados, já que comprovaram melhoria no atendimento ao cidadão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.