Tamanho do texto

Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos marcou concentração nas proximidades da sede da empresa, às 7h

Os metalúrgicos da General Motors (GM) de São José dos Campos prometem realizar nesta sexta-feira (14), uma manifestação em frente ao pátio da montadora. O ato vai pedir que a empresa anule as demissões e abra negociação com o sindicato regional da classe.

Funcionários da GM aprovaram greve por tempo indeterminado após demissões
Roosevelt Cássio/SindMetalSJC - 10.8.15
Funcionários da GM aprovaram greve por tempo indeterminado após demissões

De acordo com a assessoria de imprensa do Sindicato dos Metalúrgicos de São José dos Campos e Região, filiado à CSP-Conlutas, a concentração será a partir das 7h, próxima ao portão 4 da fábrica, com saída prevista para as 8h. São esperados no local trabalhadores da GM (demitidos e não demitidos), familiares, entidades sindicais e movimentos sociais.

Leia mais: Férias e 13º podem ter isenção de Imposto de Renda

Além da própria GM, as esferas governamentais também são alvos do protesto. A categoria reivindica que os governos federal, estadual e municipal intercedam em favor dos interesses dos trabalhadores. 

Greve 

Os metalúrgicos da montadora chegam ao quarto dia de paralisação nesta quinta-feira (13). O sindicato já contabiliza mais de 500 demitidos. A GM acionou a Justiça na terça-feira (11) para impedir a continuidade da greve dos trabalhadores da unidade.

A audiência, primeira oportunidade de conciliação entre as partes, está marcada para a próxima segunda-feira (17).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.