Tamanho do texto

Financiamento é de até 80% do valor da obra, limitado a 50% do valor total de vendas, com juros a partir de 8,5% ao ano

A construtora interessada deverá apresentar o projeto de engenharia, além de documentação para análise de risco
Arquivo/Agência Brasil
A construtora interessada deverá apresentar o projeto de engenharia, além de documentação para análise de risco

A Caixa Econômica Federal lançou linha de crédito imobiliário, com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), para financiar construtoras e incorporadoras. Poderão usar a linha as empresas que produzem empreendimentos com unidades residenciais de até R$ 300 mil. De acordo com o banco, será liberado montante de R$ 1 bilhão.

Leia mais:  Cliente diz ter encontrado larva em prato de restaurante do Eataly de São Paulo

Mudança no rendimento do FGTS "é a morte do Minha Casa, Minha Vida", diz Secovi

Segundo o banco, o financiamento é de até 80% do valor da obra, limitado a 50% do valor total de vendas, com taxas de juros a partir de 8,5% ao ano.

A empresa interessada deverá apresentar o projeto de engenharia, além de documentação para análise de risco. Deverá ser comprovada também a comercialização de, no mínimo, 30% das unidades do empreendimento, até a data da contratação.

A Caixa informa que oferece, em condições similares, uma linha de crédito para empresas que viabilizam a construção de empreendimentos com unidades residenciais de até R$ 750 mil nos estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e no Distrito Federal; e de até R$ 650 mil nos demais estados.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.