Tamanho do texto

Principais problemas levantados pelo Procon-SP foram falhas no sistema de injeção de combustível (com 14 campanhas), seguido pelo sistema de airbag , com 11 chamamentos

De janeiro a julho deste ano foram feitas 70 campanhas de recalls de veículos, atingindo um total de 1.847.524 automóveis, segundo levantamento realizado pelo Procon-SP. O número representa uma alta de 130% na comparação com as 47 campanhas realizadas no mesmo períodos de 2014 (atingindo 802.688 veículos). O aumento de 130% se refere ao número de carros afetados. Quando se analisam as campanhas, a elevação é de 48%.

Os principais problemas apresentados foram falhas no sistema de injeção de combustível, com 14 campanhas, seguido pelo sistema de airbag , com 11 chamamentos.

Conheça os carros mais vendidos em junho:



Segundo a pesquisa do órgão de defesa do consumidor, neste ano as montadoras que mais realizaram campanhas foram a Volkswagem (7), a Jeep e Yamaha (6 cada), Ford e Land Rover (5 cada) Chevrolet, Audi e BMW (4 cada). No fim da lista, vem a Ferrari, que fará um recall em um único veículo.

No período de 2002 até julho de 2015, foram registradas 883 campanhas no Brasil. A Chevrolet é a marca que lidera os problemas de recall com um total de 56.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.