Tamanho do texto

Mercado de ações reabre na segunda-feira pela primeira vez desde 26 de junho, pouco antes de controles de capital serem impostos para segurar uma fuga de euros do país

Bancos gregos reabriram com restrições
Agência AP
Bancos gregos reabriram com restrições

Operadores gregos disseram neste domingo (2) que esperam um dia atribulado de perdas na segunda-feira, quando o mercado de ações de Atenas reabre após ter ficado fechado por cinco semanas, como parte das tentativas de impedir um colapso financeiro da Grécia.

Uma combinação de transações reprimidas, preocupações com o futuro e uma piora na economia grega poderia derrubar em 20% ou mais o índice Athenas General Index na segunda-feira, disseram os operadores.

Leia mais:  Entenda o calote da Grécia e como o FMI foi de salvador a primeira vítima

Para evitar saques em massa, Grécia fechará bancos na segunda-feira

A negociação de ativos gregos nos Estados Unidos durante o período em que a bolsa esteve fechada sugere o mesmo.

"A possibilidade de ver uma única ação subir na sessão de amanhã é quase zero", disse o chefe de operações da Beta Securities, Takis Zamanis.

O mercado de ações deve abrir na manhã de segunda-feira pela primeira vez desde 26 de junho, pouco antes de controles de capital serem impostos para segurar uma fuga de euros do país.

A Comissão Europeia prevê que a Grécia voltará à recessão em 2015, com contração de entre 2% e 4%, depois de o país ter recém-saído de seis anos de depressão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.