Tamanho do texto

Valor apontado pelo instituto ficou em R$ 2.117,10 no quinto mês de 2015, contra R$ 2.158,74 no mês anterior

O rendimento real habitual médio do brasileiro caiu 1,9% em maio na comparação com abril, informou hoje (25) o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O valor ficou em R$ 2.117,10 no quinto mês de 2015, contra R$ 2.158,74 no mês anterior.

A queda em relação a maio do ano passado foi 5%: o rendimento registrado em 2014 era de R$ 2.229,28.

Leia mais:

Desemprego tem alta e vai para 6,7% em maio, aponta IBGE

Desemprego em SP cresce pela quarta vez consecutiva em maio

A massa de rendimento médio real habitual, que totaliza a renda dos trabalhadores, recuou 1,8% na comparação com abril e 5,8% em relação a maio do ano passado. O valor chegou a R$ 48,9 bilhões em maio de 2015.

A queda do rendimento médio ocorreu em cinco das seis regiões metropolitanas pesquisadas pelo IBGE. A maior delas foi registrada em São Paulo, com -3%. Em Belo Horizonte, a renda média caiu 2,9% e, em Salvador, 2,1%. Porto Alegre foi a única que registrou alta no rendimento, de 1% na comparação com abril.

Quatro dos sete grupamentos de atividade estudados registraram quedas no rendimento, sendo a maior delas nos serviços prestados às empresas, aluguéis, atividades imobiliárias e intermediação financeira, com - 5,1% na comparação com abril e -9,2% frente a maio do ano passado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.