Tamanho do texto

Autarquia informou que as empresas já foram notificadas e que podem recorrer da decisão; registros podem ser cancelados

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) suspendeu nesta quinta-feira (25) o registro de sete companhias abertas. As empresas são Brazal – Brasil Alimentos (SP), Cachoeira Velonorte (MG), Construtora Beter (SP), Eletrosom (MG), Naomi Participações (SP), Taipe Trancoso Empreendimentos (BA) e Termelétrica Pernambuco III (PE). 

Suspensas, companhias não podem negociar valores mobiliários emitidos no mercado
Getty Images
Suspensas, companhias não podem negociar valores mobiliários emitidos no mercado

Em comunicado divulgado em seu site, a CVM explicou que o motivo foi o descumprimento, por mais de um ano, de obrigações periódicas previstas no regimento da autarquia, vinculada ao Ministério da Fazenda. Com isso, enquanto as companhias tiverem o registro suspenso, nenhuma delas poderá ter os valores mobiliários emitidos, como ações e debêntures, negociados em mercados regulamentados.

Leia mais:  Marfrig confirma venda da unidade Moy Park para JBS por US$ 1,5 bilhão

A assessoria de imprensa da CVM afirmou que todas as empresas já foram notificadas, e que podem recorrer da decisão. A autarquia, no entanto, esclareceu que há chance de os registros serem cancelados e que “a suspensão do registro não exime a companhia, seus controladores e administradores de responsabilidade decorrente das eventuais infrações cometidas até o cancelamento do registro”.

Caso haja o cancelamento dos registros, poderão ser abertos processos administrativos sancionadores contra dirigentes e administrados das empresas.O iG tentou contato com as companhias suspensas, mas não conseguiu retorno de nenhuma delas até o momento desta publicação.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.