Tamanho do texto

Creme para os seios tem a proposta de acelerar o diagnóstico do câncer de mama; campanha levou leão de ouro em Cannes

Todos os anos surgem diversas campanhas em prol da prevenção do câncer de mama. As ações sempre sugerem práticas e hábitos a serem adotados, mas nunca a compra de um produto. E foi exatamente o que a Fundação do Câncer de Mama da Nova Zelândia fez este ano.

Campanha levou um leão de ouro em Cannes
Divulgação
Campanha levou um leão de ouro em Cannes

Em parceria com a Skinfood, uma marca de produtos de beleza naturais, a entidade lançou o "Breast Cream", um creme específico para os seios. Da primeira tiragem, 75% da produção já foi vendida. A intenção é estimular o autoexame do câncer de mama a partir da aplicação do produto e, com isso, dar rugas às mulheres vítimas fatais da doença que não chegariam a uma idade avançada. 

Leia mais:  Campanha contra violência nos estádios com "mães seguranças" vence em Cannes

A campanha, assinada pela neozeolandesa Colenso BBDO, levou um leão de ouro em Cannes na última segunda-feira (22). A ação destaca que metade dos diagnósticos são feitos pelo autoexame, e não pela mamografia. Além disso, também chama a atenção para o número de 400 mil vidas que podem ser salvas somente com a adesão ao "Breast Cream" - e o consequente hábito de se autoexaminar.

Assista ao vídeo:

Veja também:

Outras campanhas publicitárias polêmicas ou de gosto duvidoso 2015


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.