Tamanho do texto

Marca diz que valoriza a tolerância e respeita a diversidade de escolhas e ponto de vista; campanha publicitária mostra gays e heterossexuais se preparando para um encontro

Campanha do Boticário mostra casais gays
Reprodução
Campanha do Boticário mostra casais gays

A campanha especial de Dia dos Namorados do O Boticário se tornou alvo das investigações do Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar) na última terça-feira (2). A marca divulgou seu posicionamento sobre o assunto confirmando a escolha pela abordagem do tema.

Leia a nota na íntegra:

“O Boticário informa que até o momento não recebeu qualquer notificação do CONAR (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária) referente à campanha “Casais” para o Dia dos Namorados. O Boticário esclarece que acredita na beleza das relações, presente em toda sua comunicação. A proposta da campanha “Casais”, que estreou na TV aberta no dia 24 de maio, é abordar, com respeito e sensibilidade, a ressonância atual sobre as mais diferentes formas de amor – independentemente de idade, raça, gênero ou orientação sexual – representadas pelo prazer em presentear a pessoa amada no Dia dos Namorados. O Boticário reitera, ainda, que valoriza a tolerância e respeita a diversidade de escolhas e pontos de vista.”

Leia também:  Em vídeo, Malafaia propõe boicote ao Boticário: "Vá vender perfume pra gay"

Boticário mostra casais homossexuais em campanha para o Dia dos Namorados

Comercial de O Boticário com casais homossexuais chega ao Conar

O comercial chegou ao órgão de autorregulamentação de publicidade brasileira após alguns consumidores argumentarem que a campanha desrespeita a "constituição da família brasileira". Até a noite de terça-feira (9), o Conar informou que havia recebido cerca de 20 reclamações e está investigando as denúncias. 

O julgamento está previsto para acontecer em meados de julho e até lá a propaganda segue sendo veiculada. Por ser um órgão autorregulador, o Conar não tem poder de proibir qualquer campanha, se limitando a recomendar mudanças ou a pedir a suspensão de peças após avaliação por um conselho reunido.

Na propaganda, homens e mulheres aparecem se preparando para um encontro para o qual levarão, como presente, produtos da marca. Dos quatro casais que se encontram, dois são homossexuais: um de homens e outro de mulheres. Porém, ninguém se beija.

Nas redes sociais, muitos internautas têm defendido o anúncio. No Facebook, foi organizado um mutirão para pessoas curtirem o vídeo da propaganda no Youtube. Até o momento, a gravação já recebeu cerca de 306 mil likes (posição a favor da propaganda) e 174 mil "não likes" de pessoas que não gostaram do vídeo.

Veja o vídeo da nova campanha do Boticário:

Veja mais comerciais polêmicos e de gosto duvidoso de 2015:


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.