Tamanho do texto

Nova geração de consumidores conectados está demandando inovações em carros e nas empresas da área

Relatório Cars Online da Capgemini divulgado nesta semana destaca o aumento da demanda por conectividade nos carros e a influência das redes sociais nos hábitos de compra. A pesquisa, realizada com mais de 10 mil consumidores em 10 países, incluindo o Brasil, revela que a nova geração de consumidores conectados está demandando inovações do setor automotivo.

LEIA MAIS:  Carro conectado pode custar até 6% mais caro

Toyota cria carro que facilita bronca nos filhos

A 15ª edição do Cars Online 2014 Generation Connected mostra ainda como os fabricantes de autopeças e as concessionárias devem adaptar sua abordagem para melhorar a experiência do cliente. De acordo com a pesquisa, as crescentes demandas digitais e as expectativas dos consumidores acerca das tecnologias de conectividade devem transformar o setor.

FOTOS: Veja carros famosos na ficção:

Mesmo com mais da metade, 55%, dos respondentes da pesquisa afirmando que o vendedor da concessionária ainda é a fonte mais importante de informações, o estudo mostra que as vendas online e os consumidores digitais estão se tornando o motor propulsor da comercialização de automóveis.

A maioria dos clientes, 97%, usa a internet para pesquisar as características dos veículos, os níveis de satisfação e as avaliações dos clientes, além de verificar a reputação dos fabricantes e da concessionária quanto à honestidade e ao atendimento dos clientes.

Além disso, 76% dos entrevistados postam ou pretendem postar suas experiências com os veículos nas redes sociais. No Brasil, especificamente, essa porcentagem chega a 84%, atrás apenas da China e da Indonésia, com 97% dos usuários.

O relatório também aponta que, no geral, 44% dos consumidores estão dispostos a comprar um carro pela Internet. Este índice aumentou 50% com os clientes da geração Y (entre 18 e 34 anos de idade). Igualmente, as redes sociais se tornaram um fator relevante na busca por carros: 85% dos consumidores esperam que as montadoras e concessionárias se comuniquem com eles nas redes sociais e 73% têm sua decisão de compra influenciada pelos comentários positivos postados.

Cerca de 47% dos entrevistados disseram ter interesse por um pacote de mobilidade, com uma vasta gama de veículos, serviços e acessórios que podem ser adquiridos por um preço fixo e um período determinado de tempo. Em mercados emergentes o interesse é ainda maior, com mais da metade dos consumidores na Coreia do Sul (53%), Brasil (57%), Indonésia (61%), Índia (67%) e China (68%).

O estudo indica, ainda, que a comunicação entre o carro, o motorista, a montadora e a concessionária será vital no futuro. Assim, possibilita uma interação pós-venda centrada nas demandas mais importantes do consumidor: segurança e experiência ao volante (83%), gestão do veículo (79%) e atendimento ao cliente em tempo real (74%).

Carro conectado

Além disso, a era do carro conectado traz uma grande oportunidade para as montadoras entenderem melhor seus consumidores finais, uma vez que a maioria (80%) dos compradores de automóveis está mais disposto do que nunca a compartilhar seus dados com as fabricantes e concessionárias, desde que obtenham algum benefício em troca.

Os resultados do 15° relatório anual Cars Online 2014 Generation Connected foram obtidos em uma pesquisa conduzida com clientes de dez países: Alemanha, Brasil, China, Coreia do Sul, EUA, França, Índia, Indonésia, Reino Unido e Rússia.