Tamanho do texto

Procon-SP já recebeu 49 reclamações de consumidores

Árvores caíram em cima de cabos da rede elétrica de São Paulo e região metropolitana
Futura Press
Árvores caíram em cima de cabos da rede elétrica de São Paulo e região metropolitana

O Procon estadual de São Paulo enviou agora à tarde notificação para a AES Eletropaulo solicitando as providências tomadas devido à falta de energia, causada pelas fortes chuvas da madruga de segunda-feira (29). Ao todo, o Procon-SP já recebeu 49 reclamações de consumidores.

LEIA MAIS:  Falta de energia dura mais de 24 horas em bairros de São Paulo

Algumas ruas de bairros como Morumbi e Butantã, na Zona Oeste, e cidades da região do ABC, ficaram mais de 24 horas sem fornecimento de energia elétrica. No bairro do Brooklin, onde fica a redação do iG São Paulo, Zona Sul, a energia elétrica só foi reestabelecida na madrugada desta terça-feira (30). 

A companhia tem 24 horas para responder aos questionamentos do órgão, entre eles o número de chamados realizados, as equipes deslocadas para atendimento, quantos locais ainda precisam ser atendidos, o prazo final para a solução de todos os chamados pendentes, entre outras solicitações.

“O Procon-SP está acompanhando de perto a falta de energia na cidade de São Paulo e os consumidores que tiverem prejuízo devem entrar em contato primeiro com a concessionária e, se não houver acordo, procurar um dos canais de atendimento do Procon para os devidos ressarcimentos junto à AES Eletropaulo”, esclarece o diretor executivo do Procon-SP, Alexandre Modonezi, em nota.