Tamanho do texto

Mudanças foram anunciadas em julho e deveriam entrar em vigor naquele mês, mas Receita decidiu mudar a data para julho de 2015 para que as lojas francas se adaptassem às mudanças

O valor máximo das mercadorias que o viajante poderá trazer do exterior por via terrestre, fluvial ou lacustre sem pagar imposto de importação cairá a partir de 1º julho de 2015 de US$ 300 (R$ 798,5) para US$ 150 (R$ 399,2). A regulamentação foi publicada nesta terça-feira (23) no Diário Oficial da União por meio de instrução normativa.

Leia mais:  Lei de cotas para deficientes é desrespeitada por falta de fiscalização

Veja quais foram as maiores fusões e aquisições empresariais em 2014

Exterior: vitrines de Natal surpreendem e atraem consumidores para as lojas

As mudanças foram anunciadas em julho e deveriam entrar em vigor naquele mês. A Receita, entretanto, decidiu mudar a data para julho de 2015 para que as lojas francas nas cidades fronteiriças tivessem mais tempo de se adaptar às mudanças.

Quando foi divulgada a alteração, o secretário da Receita Federal, Carlos Alberto Barreto, disse que a medida beneficiaria cidades fronteiriças que tenham "comércio forte" com o Brasil. “São essas que têm um comércio forte e, nesse sentido, há lojas francas do outro lado da fronteira. Nos demais [estabelecimentos] de comércio normal não haverá problemas, pois têm legislação própria", disse Barreto na ocasião.