Tamanho do texto

Proporção de filhos com idade de 25 a 34 anos subiu 21,2% em 2004 para 24,5% em 2013, apontam dados do IBGE; "geração canguru" demora mais a sair de casa por questões financeiras

A proporção de filhos na faixa de 25 a 34 anos que continuam morando na casa dos pais aumentou de 21,2% em 2004 para 24,5% em 2013, segundo dados da Síntese de Indicadores Sociais divulgados nesta quarta-feira (17) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Segundo o pesquisador do IBGE André Simões, questões financeiras e emocionais estão entre as explicações para o fenômeno.

A proporção da chamada “geração canguru” é maior na Região Sudeste, onde 26,8% dessas pessoas continuavam vivendo com os pais em 2013. A menor proporção é encontrada na Região Norte (19,8%).

A pesquisa do IBGE também revelou que a proporção de pessoas morando sozinhas aumentou de 10% do total de domicílios em 2004 para 13,5% em 2013. Ao mesmo tempo, as famílias (ou seja, com mais de uma pessoa com grau de parentesco) passaram a representar 86,2% dos domicílios em 2013, ante 89,7% em 2004.

Do total de famílias, os casais sem filhos cresceram de 14,6% para 19,4% no período, enquanto aqueles com filhos passaram de 50,9% para 43,9%. As mulheres solteiras com filhos também diminuíram de 18,4% do total de domicílios para 16,5%.