Tamanho do texto

Indicador reporta dados sobre nível de atividade de três setores da economia: indústria, comércio e serviços e agropecuária

O Banco Central (BC) divulgou nesta segunda-feira (15) o Índice de Atividade Econômica (IBC-Br) de outubro que indica um resultado negativo de 0,26% em 12 meses no Produto Interno Bruto (PIB, a soma de bens e serviços produzidos em determinado período) em 2014. O percentual é dessazonalizado (ajustado para o período) e o índice é uma forma de avaliar a evolução da atividade econômica brasileira.

O índice incorpora informações sobre o nível de atividade dos três setores da economia: indústria, comércio e serviços e agropecuária. Com o resultado, a atividade econômica do país no ano apresenta expectativa de retração de 0,09%.

Os números do IBC-Br são uma análise do BC  sobre o crescimento, mas no Brasil quem divulga o PIB é o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

Hoje, o BC divulgou também que os investidores e analistas do mercado financeiro reduziram mais uma vez a expectativa de crescimento da economia em 2014. A nova projeção indica alta de 0,16% do PIB. Na avaliação anterior, a estimativa era 0,18%. Para 2015, os economistas esperam aumento de 0,69%. A projeção era, até então, 0,73%.