Tamanho do texto

A semana teve ainda a foto que bateu recorde de preço e foi vendida por R$ 16,9 milhões, a camisa que disfarça a barriguinha e a malha fina da Receita

Ou os brasileiros estão mais atentos, ou as empresas estão mais displicentes com a qualidade dos produtos que vendem. Nesta semana, a Justiça condenou a Garoto depois de uma consumidora do interior de Alagoas ter encontrado na barra de chocolate Talento uma porção de larvas vivas.

Na sexta-feira (12), uma jornalista do interior de São Paulo denunciou nas redes sociais ter encontrado um objeto de plástico no interior da garrafa de Coca-Cola. Aparentemente, segundo ela, seria um pino usado por usuários de cocaína. 




O universo da tecnologia também teve espaço no noticiário na última semana, como o avanço do Instagram,q ue chegou a 300 milhões de usuários, sobre o Twitter, além da onda de protestos contra o fundador do Facebook. Também na sexta-feira, a conta do fundador da rede social, Mark Zuckerberg, foi tomada por piadinhas de brasileiros, com um post mais engraçado que outro.

Leia também:

Instagram atinge 300 milhões de usuários e ultrapassa Twitter

2014: o ano da selfie

Em jogada de marketing, montanha russa 'vende' casa na Holanda

937 mil contribuintes ficaram na malha fina 2014

Garoto terá de indenizar consumidora que comprou Talento com larvas vivas

Maurício de Sousa lidera reação em defesa da publicidade infantil

Veja as empresas mais populares entre brasileiros no LinkedIn

Eneva, que foi de Eike Batista, pede recuperação judicial

Brasileiros apavoram perfil de Mark Zuckerberg no Facebook

Consumidora acha objeto estranho em garrafa de Coca-Cola

Vendida por R$ 16,9 milhões, foto de cânion torna-se a mais cara da história

    Leia tudo sobre: Instagram