Tamanho do texto

Libra foi a primeira área leiloada pela ANP sob o regime de partilha de produção

Localização do campo de Libra, o primeiro do pré-sal a ser leiloado
Agência Petrobras
Localização do campo de Libra, o primeiro do pré-sal a ser leiloado

O consórcio que detém o direito de explorar a área de Libra, no pré-sal da Bacia de Santos, comprovou descoberta de petróleo "de boa qualidade" na porção noroeste, em primeiro poço perfurado após a licitação da área, sob regime de partilha de produção, no ano passado.

LEIA MAIS: Petrobras faz acordo com o governo e pagará R$ 15 bilhões

O poço 3-BRSA-1255-RJS (3-RJS-731), está localizado a cerca de 170 quilômetros da costa do Estado do Rio e a aproximadamente 4 quilômetros a Sudeste do poço descobridor da área, perfurado antes da licitação.

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) estima que Libra tenha entre 8 e 12 bilhões de barris de petróleo recuperáveis, possivelmente sendo a maior reserva brasileira.

O intervalo portador de petróleo foi constatado por meio de perfis e amostras de fluido, que serão posteriormente caracterizadas por análise de laboratório. O poço ainda está sendo perfurado, a uma profundidade de 5.326 metros, e a perfuração prosseguirá até 5.850 metros.

O Consórcio de Libra é formado pela Petrobras (operadora, com 40%), Shell (20%), Total (20%), CNPC (10%) e CNOOC Ltda. (10%), tendo como gestora do contrato a Pré-Sal Petróleo S.A. (PPSA). Libra foi a primeira área leiloada pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) sob o regime de partilha de produção.

*Com informações da Agência Brasil e Reuters.