Tamanho do texto

Previsão anterior era de expansão de 1,8% na economia

Reuters

Relatório do governo reduziu perspectivas de crescimento
Reuters
Relatório do governo reduziu perspectivas de crescimento

O governo federal reduziu pela metade sua previsão de crescimento da economia brasileira em 2014 a 0,90%, ante 1,8% na previsão anterior, de acordo com o relatório bimestral de receitas e despesas, divulgado nesta segunda-feira pelo Ministério do Planejamento.

Leia mais:  Donos de imóveis já quitados brigam na Justiça contra saldo residual

No documento, elaborado também pelo Ministério da Fazenda, o governo manteve a previsão para a inflação deste ano em 6,20% pelo IPCA.

A estimativa para receita líquida total foi reduzida em R$ 10,5 bilhões, para R$ 1,084 trilhão neste ano. O governo também diminuiu a projeção de despesas primárias obrigatórias em R$ 7 bilhões, para R$ 667,7 bilhões.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.