Tamanho do texto

ANP divulgou nesta terça-feira (2) a lista de estabelecimentos que foram pegos cometendo a irregularidade da bomba-baixa

A partir desta terça-feira (2), a ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis) passa a divulgar mensalmente a lista de postos revendedores de combustíveis flagrados em ações de fiscalização praticando a irregularidade conhecida como bomba-baixa.

Mais: Veja aqui a lista dos postos envolvidos na fraude da bomba-baixa

A fraude consiste em fornecer ao consumidor uma quantidade de combustível menor do que a mostrada no visor da bomba de abastecimento. Sem saber, o cliente paga por quantidade maior do que a efetivamente recebida no tanque de seu veículo.

A bomba-baixa é uma das irregularidades mais comuns nos postos
Rafael Neddermeyer/ Fotos Públicas
A bomba-baixa é uma das irregularidades mais comuns nos postos

A bomba-baixa é uma das irregularidades mais encontradas pelas forças-tarefa realizadas pela ANP para fiscalizar o mercado de combustíveis no Brasil. O Inmetro, por sua vez, é responsável pela aferição e certificação do equipamento medidor, enquanto a ANP se ocupa em identificar se a bomba é operada da maneira correta.

Também:  Carro sem motorista chegará a 75% do mercado em 2035

A divulgação no site do órgão incluirá endereços dos postos revendedores, com dados retroativos a 1º de julho de 2014. A medida faz parte da estratégia da ANP de dar publicidade às ações de fiscalização e seus resultados.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.