Tamanho do texto

Novos valores começam a vigorar na quinta-feira, diz Aneel

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou hoje (5) o reajuste das tarifas de energia das distribuidoras Celesc Distribuição, em Santa Catarina; Centrais Elétricas do Pará e Espírito Santo Centrais Elétricas (Escelsa). Os novos valores começam a vigorar na quinta-feira (7).

Leia mais:  Maioria dos projetos de transmissão de energia está fora do prazo

Para a Celesc Distribuição, que atende a 2,6 milhões de unidades consumidoras em Santa Catarina, o reajuste será 22,47% para as residências e 22,42% para as indústrias.

Governo nega que haja risco de apagão ou crise no sistema
Agência Brasil
Governo nega que haja risco de apagão ou crise no sistema

Os consumidores residenciais atendidos pela Celpa terão aumento de 34,41% e para indústrias, o reajuste aprovado é 36,41%. A distribuidora atende a 2 milhões de unidades consumidoras no Pará.

O reajuste aprovado para a Escelsa foi 22,74% para os consumidores residenciais e 21,99% para as indústrias. A empresa fornece energia para 1,4 milhão de unidades consumidoras no estado do Espírito Santo.

Os reajustes tarifários são aplicados anualmente para todas as distribuidoras. Segundo a Aneel, o reajuste é calculado com base na variação de custos que a empresa teve no ano, incluindo custos típicos da atividade de distribuição e outros custos como energia comprada, encargos de transmissão e encargos setoriais.

Como as distribuidoras têm comprado energia mais cara, por causa do baixo nível dos reservatórios das hidrelétricas, os reajustes aprovados em 2014 estão sendo mais altos.