Tamanho do texto

"Ainda não acabou", disse o presidente-executivo da empresa Joe Kaeser

Reuters

O presidente-executivo da Siemens disse neste domingo (22) que o grupo de engenharia alemão está pronto para reiniciar as negociações com a Alstom e com o Estado francês caso eles não cheguem a um acordo com a outra interessada na empresa francesa, a General Electric.

Sede da Siemens AG em Munique, na Alemanha
Reuters
Sede da Siemens AG em Munique, na Alemanha

"Nós ainda estamos abertos a conversar. As portas estão abertas para a Alstom e o governo francês", disse o presidente-executivo Joe Kaeser, segundo o tablóide alemão Bild.

Leia mais:  França descarta Siemens e Mitsubishi e escolhe GE para aliança com Alstom

"Ainda não acabou", acrescenta. A França escolheu a GE para formar uma aliança com a Alstom na sexta-feira, rejeitando uma oferta da Siemens e da parceira Mitsubishi Heavy Industries, mas disse que o acordo ainda precisa ser trabalhado.

O Conselho da Alstom seguiu no sábado e apoiou a proposta da GE, enquanto o governo francês trabalha em um acordo com a acionista da Alstom, a Bouygues.

Em uma carta aos funcionários da Siemens obtida pela Reuters, Kaeser disse no domingo que ele sentia que a Alstom não esteja aberta a proposta da Siemens, mas que a empresa alemã poderia agora focar em suas medidas de reestruturação atuais para melhorar a lucratividade.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.