Tamanho do texto

Rio de Janeiro corresponde à Estônia, enquanto Tocantins equivale a Botswana, na África, segundo revista britânica

A revista britânica The Economist publicou em seu Tumblr um mapa que compara o PIB (Produto Interno Bruto) per capita dos Estados brasileiros com o de países do resto do mundo. O resultado do estudo – parte de uma reportagem sobre a evolução do País nos últimos 40 anos – foi uma mistura entre nações ricas e miseráveis.

Maranhão e Piauí, Estados mais pobres do País, são comparados à Jordânia pela revista
Divulgação
Maranhão e Piauí, Estados mais pobres do País, são comparados à Jordânia pela revista

O mapa mostra que uma das partes mais ricas do Brasil, ao redor de Brasília, é tão próspera quanto a Itália quando considerado o PIB per capita, que divide a riqueza do país pelo número de habitantes.

Já a Índia, apontou a revista britânica, é até mais pobre que os Estados brasileiros mais desfavorecidos, como Maranhão e Piauí – onde a renda per capita se iguala à da Jordânia, no Oriente Médio.

Leia mais:  Veja 10 super-ricos que já foram pobres

Segundo a The Economist, o mapa conclui que o País tornou-se uma Italordânia, mistura entre Itália e Jordânia. Em 1974, o Brasil havia sido apelidado de Belíndia pelo economista Edmar Bacha, devido ao seu nível de desigualdade: a nação seria uma pequena Bélgica cercada pela pobreza da Índia.

O Estado de São Paulo, mais rico do País, corresponderia à Eslováquia, país do leste europeu. Bahia e Pará equivalem à República das Maldivas, ilha no Oceano Índico. O Estado de Alagoas, de acordo com o mapa, seria correspondente a Angola, e Amazonas se igualaria ao PIB per capita da Venezuela.

Veja quem são os 10 políticos mais ricos do mundo:


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.