Tamanho do texto

Papéis serão adquiridos e depois cancelados ou alienados

Reuters

Aldemir Bendine, presidente do Banco do Brasil
TV iG
Aldemir Bendine, presidente do Banco do Brasil

O Conselho de Administração do Banco do Brasil aprovou nesta sexta-feira (6) novo programa de recompra do equivalente a até 3,5% de suas ações em circução no mercado, segundo fato relevante.

LEIA TAMBÉM: Banco do Brasil é condenado em R$ 2 milhões por ridicularização pública

Os papéis serão adquiridos para manutenção em tesouraria e posterior alienação ou cancelamento sem redução do capital social. O prazo do programa é de 365 dias. O BB recomprará até 50 milhões de ações de um total de 1.411.929.905 papéis em circulação no mercado.

O Conselho também aprovou nesta sexta-feira (6) o encerramento do programa de recompra de ações iniciado em 14 de junho de 2013 e tomou conhecimento da renúncia de Paulo Rogério Caffarelli ao cargo de membro do Conselho de Administração.

Caffarelli assumiu recentemente o cargo de secretário-executivo do Ministério da Fazenda.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.