Tamanho do texto

Executivo do Magazine Luiza aceita pagar R$200 mil para encerrar processo na CVM

Reuters

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) divulgou nesta segunda-feira (2) que aprovou proposta de Roberto Belíssimo Rodrigues, diretor de Relações com Investidores do Magazine Luiza, para pagar R$ 200 mil para por fim a um processo.

Rodrigues, que também é diretor financeiro da varejista, era investigado pela não divulgação imediata de fato relevante referente a aquisição de 121 lojas da rede Baú da Felicidade, afirmou a CVM em comunicado.

Leia também: Magazine Luiza fecha 9 lojas em um mês

O negócio foi anunciado em junho de 2011 e acertado por R$ 83 milhões, em uma operação que envolveu lojas em São Paulo, Minas Gerais e Paraná. As unidades do Baú da Felicidade foram compradas do Grupo Silvio Santos.

Com a aceitação da proposta, o processo administrativo sancionador iniciado pela CVM será suspenso e, após comprovação do cumprimento das obrigações, será extinto, disse a autarquia.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.