Tamanho do texto

Planos fazem parte de um programa de urbanização do governo para apoiar a reestruturação econômica do país

Reuters

Regras irão fortalecer penas por fraude e uso ilegal de habitação pública, além de abuso de poder
Thinkstock/Getty Images
Regras irão fortalecer penas por fraude e uso ilegal de habitação pública, além de abuso de poder

A China anunciou planos para combater a corrupção e abuso de poder no setor de imóveis, informou a mídia estatal, a fim de tentar facilitar o caminho para a migração em massa de milhões de chineses em cidades do interior.

Os planos anticorrupção são parte de um programa de urbanização destinado a apoiar a reestruturação da economia da China, a segunda maior do mundo.

A corrupção é generalizada na China, principalmente na administração do Estado, onde muitos funcionários e seus dependentes têm se tornado ricos por abuso de autoridade, frequentemente em áreas de imóveis e propriedades do país.

As regras estabelecidas definem condições para aplicação, alocação, uso e locação de habitação pública, bem como subsídios e supervisão administrativa, informou a agência oficial de notícias Xinhua na sexta-feira (28).

As regras irão fortalecer as penas por fraude e uso ilegal de habitação pública e especificar os governos e departamentos responsáveis bem como as condições que caracterizam abuso de poder, negligência do dever, suborno e fraude, disse a Xinhua. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.