Tamanho do texto

Governo chinês vai implementar medidas direcionadas para ajudar a economia

Reuters

Homem come sanduíche enquanto passa em frente a painel da bolsa de Tóquio
AP Photo/Koji Sasahara
Homem come sanduíche enquanto passa em frente a painel da bolsa de Tóquio

Os mercados asiáticos avançaram em sua maioria nesta sexta-feira (28), sustentados pelas notícias de que Pequim vai acelerar os gastos com infraestrutura.

O premiê da China, Li Keqiang, afirmou nesta sexta-feira que o governo vai implementar medidas direcionadas para ajudar a economia, segundo a mídia estatal.

Emergentes: Brasil está em rota de aceleração e China deverá enfrentar desafios

Às 7h25 (horário de Brasília), o índice MSCI que reúne ações da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão avançava 0,79%.

O mercado de Xangai chegou a subir 0,3%, mas terminou em queda de 0,2% uma vez que os ganhos foram compensados por vendas generalizadas em ações de tecnologia devido à realização de lucros por investidores preocupados que a boa performance desses papéis pode estar chegando ao fim.

O índice japonês Nikkei fechou com ligeira alta de 0,5%, uma vez que a negociação se desacelerou em antecipação ao encerramento do ano fiscal no país, em 31 de março.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.