Tamanho do texto

A agência de classificação de risco, no entanto, não contempla novos rebaixamentos para as empresas nos próximos meses

13 instituições financeiras do Brasil tiveram nota de risco revisadas para baixo
Thinkstock/Getty Images
13 instituições financeiras do Brasil tiveram nota de risco revisadas para baixo

A agência de classificação de risco Standard & Poor's divulgou nesta quarta-feira (26) o rebaixamento das notas de crédito de 13 bancos e instituições financeiras brasileiras.

As empresas Banco do Brasil, Bradesco, Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Caixa Econômica Federal, Itaú-Unibanco, Santander, Itaú BBA, HSBC, Citibank, Banco do Nordeste do Brasil, Allianz Global, Sul América e Sul América Companhia Nacional de Seguros tiveram suas notas rebaixadas, com perspectiva estável, o que significa que a agência não contempla uma nova mudança em um curto prazo.

Leia: Queda da nota não leva em conta cenário atual da economia, diz Humberto Costa

Em relatório divulgado na última segunda-feira (24), a S&P reduziu a nota de risco do Brasil, de BBB para BBB-, também com perspectiva neutra.

As estatais Petrobras e Eletrobras também tiveram nota reduzida de BBB para BBB-, com perspectiva estável.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.