Tamanho do texto

Ideli Salvatti disse que agência não conseguiu perceber o risco da crise de 2008, que abalou a economia mundial

Ideli Salvatti:
Antônio Cruz/ABr -
Ideli Salvatti: "governo está trabalhando conforme os interesses da população."

A ministra da Secretaria de Relações Institucionais da Presidência da República, Ideli Salvatti, criticou a agência de classificação de risco Standard & Poor's (S&P), que reduziu a nota da economia brasileira . Ideli disse que a agência “não conseguiu sequer perceber o risco da crise de 2008”, que abalou a economia mundial.

Segundo Ideli, “os números da economia brasileira são muito sólidos e muito contundentes no sentido da qualidade de vida da população: é o emprego, é o controle macroeconômico, são nossas reservas cambiais, é o investimento [estrangeiro] direto que temos tido”.

-Leia também: r ebaixamento de nota é inconsistente com a economia brasileira, diz Fazenda

Ela acrescentou que o governo tem a convicção de que está trabalhando “conforme os interesses da maioria da população e [da] preservação da economia brasileira”.

Em relatório divulgado no fim da tarde desta segunda-feira (24), a agência reduziu, de BBB para BBB-, a nota soberana do País com perspectiva neutra, o que indica que a classificação não será rebaixada nos próximos meses.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.