Tamanho do texto

Número aumentou em 5 mil, para 320 mil segundo dados ajustados sazonalmente

Reuters

Desempregado participa de feita de emprego em São Francisco, nos EUA
Getty Images
Desempregado participa de feita de emprego em São Francisco, nos EUA

O número de norte-americanos que entrou com novos pedidos de auxílio-desemprego subiu menos do que o esperado na semana passada, indicando certa força intrínseca no mercado de trabalho.

Os pedidos iniciais de auxílio-desemprego aumentaram em 5 mil, para 320 mil segundo dados ajustados sazonalmente, informou nesta quinta-feira (20) o Departamento de Trabalho. Os pedidos para a semana encerrada em 8 de março não foram revisados.

Veja também: BC dos EUA corta mais US$ 10 bilhões de estímulos monetários

Economistas consultados pela Reuters esperavam que os pedidos subissem para 325 mil na semana encerrada em 15 de março.

A média móvel de quatro semanas, considerada uma medida melhor das condições do mercado de trabalho já que elimina a volatilidade semanal, recuou em 3.500, para 327 mil, o menor nível desde novembro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.