Tamanho do texto

Encontro, que acontece nesta quarta-feira (12), é tentativa de aproximar o governo da iniciativa privada

Reuters

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, se reúne com representantes de grandes empresas brasileiras nesta quarta-feira (12) em Brasília, em novo esforço do governo para se aproximar da iniciativa privada e recuperar a confiança dos agentes na política econômica .

Devem participar do encontro com o ministro representantes de empresas como Vale e Gerdau
Agência Brasil
Devem participar do encontro com o ministro representantes de empresas como Vale e Gerdau

Em almoço com empresários, Mantega deve discutir a conjuntura econômica e tratará da nova proposta do Executivo de tributação do lucro de controladas e coligadas de multinacionais brasileiras no exterior.

Devem participar do encontro executivos da mineradora Vale, da construtura Odebrecht, da siderúrgica Gerdau e da fabricante de ônibus Marco Polo, entre outros.

As primeiras conversas do ano com representantes da iniciativa privada ocorrem após o anúncio da nova meta de superávit primário para 2014, em 20 de fevereiro, que teve por objetivo resgatar a credibilidade do gerenciamento das contas públicas.

Após o anúncio do novo alvo fiscal, o ministro se reuniu com economistas de instituições financeiras e analistas do mercado financeiro em São Paulo no fim de fevereiro, também para análise de conjuntura e avaliação sobre a capacidade de crescimento do País.

Na sexta-feira (14), Mantega terá encontro com representantes do setor de varejo.

As reuniões com o setor produtivo estão sendo organizadas em um momento em que o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central sinaliza o fim do atual ciclo de aperto monetário. No fim de fevereiro o Copom elevou a taxa a 0,25 ponto percentual, para 10,75%, reduzindo o ritmo anterior de alta de 0,5 ponto percentual.

No front externo, a boa notícia são as melhores condições de crescimento da economia global.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.