Tamanho do texto

Já a receita do grupo norte-americano caiu 0,8%, para US$ 17,78 bilhões, em comparação com o mesmo período de 2012

Agência Estado

Fachada do Citibank, terceiro maior banco dos EUA
Getty Images
Fachada do Citibank, terceiro maior banco dos EUA

O lucro líquido do Citigroup mais do que dobrou no quarto trimestre do ano passado, para US$ 2,69 bilhões (US$ 0,85 por ação), de US$ 1,2 bilhão (US$ 0,38 por ação) no mesmo período de 2012 - quando o resultado havia sido afetado por US$ 2,3 bilhões em despesas judiciais e custos ligados a demissões.

A receita caiu 0,8%, para US$ 17,78 bilhões, na mesma comparação. Excluindo itens não recorrentes e ajustes contábeis, os ganhos por ação foram de US$ 0,82, acima de US$ 0,69 um ano antes. Em base ajustada a receita caiu 2,5%, para US$ 17,94 bilhões. Analistas consultados pela Thomson Reuters esperavam lucro por ação de US$ 0,95 e receita de US$ 18,18 bilhões. Diante disso, as ações do banco tinham queda de 3,16% no pré-mercado em Nova York.

A receita operacional com renda fixa ajustada caiu 15% no quarto trimestre ante o mesmo período de 2012 e 16% ante o terceiro trimestre, para US$ 2,33 bilhões.

Assim como outros bancos, os resultados do Citigroup foram prejudicados por gerações menores de hipotecas enquanto o boom de refinanciamento continua diminuindo em meio a taxas de juros maiores. A receita da divisão de banco para consumo, que se concentra em serviços como checagem de contas para empréstimos em cartão de crédito, foi de US$ 9,47 bilhões, uma queda na comparação anual, mas um aumento em base trimestral.

Veja também: Santander lidera ranking de bancos mais criticados em 2013

O Citigroup também tem se beneficiado da liberação de reservas para perdas com empréstimos. No quarto trimestre o banco liberou US$ 670 milhões dessas reservas, acima dos US$ 91 milhões liberados um ano antes. Separadamente, as perdas com crédito diminuíram 15% na comparação anual, para US$ 2,55 bilhões. Fonte: Dow Jones Newswires.