Tamanho do texto

A forte queda da empresa no país de abril a junho ressalta os desafios em seu segundo maior mercado

Reuters

Analistas prevêem que a Apple vai perder participação de mercado
Thinkstock Photos
Analistas prevêem que a Apple vai perder participação de mercado

A forte queda na receita da Apple na China no período de abril a junho ressalta os desafios que a empresa enfrenta em seu segundo maior mercado, conforme a lacuna tecnológica com rivais mais baratas diminui, e a Samsung mantém constante fluxo de novos modelos em todas as faixas de preço.

As ações da Apple subiram após a empresa vender mais iPhones do que o esperado, mas o rali de ações pode ter curta duração, pois a demanda por seus produtos está caindo na China. Os analistas prevêem que a Apple vai perder participação de mercado no principal setor de smartphones do mundo.

No primeiro trimestre, a Apple ficou em primeiro em Hong Kong, com 46% de participação no mercado em smartphones, mas a sua participação caiu ante o último trimestre de 2012, que era de 54%. A China foi responsável por 13% das vendas da Apple, ou US$ 5 bilhões, entre abril e junho - queda de quase 19% em relação ao trimestre anterior.